sexta-feira, 6 de abril de 2018

Em Algum Momento dos meus 43

E depois de tanto tempo será que mudei?
Será que algo aconteceu?
Muitas coisas aconteceram, é claro, porém me pergunto o que poderia der feito pra que tudo estivesse diferente...

Em Vila Olimpia, já começando a trabalhar.
Existo.
Here Comes Goodbye
Rascal Flatts

Aí Vem o Adeus
Eu consigo ouvir os pneus do caminhão vindo pela estrada
E não é do feitio dela dirigir tão devagar, nada no rádio
Passos na varanda, eu ouço a campainha
Ela geralmente entra direto, agora eu posso dizer

Aí vem o adeus, aí vem a última vez
Aí vem o começo de toda noite sem dormir
A primeira lágrima de todas que eu vou chorar
Aí vem a dor, aí vou eu desejando que as coisas não mudassem
E ela estivesse aqui nos meus braços essa noite, mas aí vem o adeus

Eu consigo ouvir ela dizer "Eu te amo" como se fosse ontem
E eu consigo ver escrito no rosto dela que ela nunca se sentiu assim
Um dia eu pensei que veria ela, com seu pai do lado
E violinos tocariam "Aí vem a noiva"

Aí vem o adeus, aí vem a última vez
Aí vem o começo de toda noite sem dormir
A primeira lágrima de todas que eu vou chorar
Aí vem a dor, aí vou eu desejando que as coisas não mudassem
E ela estivesse aqui nos meus braços essa noite, mas aí vem o adeus

Porque as coisas tem que ir de bom para acabado?
Antes que as luzes se acendam, você é deixado sozinho
Totalmente sozinho, mas aí vem o adeus

Oh-oh-oh-oh

Aí vem o adeus, aí vem a última vez
Aí vem o começo de toda noite sem dormir
A primeira lágrima de todas que eu vou chorar
Aí vem a dor, aí vou eu desejando que as coisas não mudassem
E ela estivesse aqui nos meus braços essa noite, mas aí vem o adeus

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Razão X Emoção

I'm dreamer, i just dreamer




domingo, 19 de fevereiro de 2012

Baile Sem Máscaras...

...e minha fantasia é a paz, a tranquilidade e a solidão...(solidão bem quista e necessária).

19.02.12, domingo de carnaval.




http://www.youtube.com/watch?v=C2i5XiYmgq4

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Quero ser feliz assim!!!

“Benditos os que conseguem se deixar em paz. Os que não se cobram por não terem cumprido suas resoluções, que não se culpam por terem falhado, não se torturam por terem sido contraditórios, não se punem por não terem sido perfeitos. Apenas fazem o melhor que podem. Se é para ser mestre em alguma coisa, então que sejamos mestres em nos libertar da patrulha do pensamento. De querer se adequar à sociedade e ao mesmo tempo ser livre. Adequação e liberdade simultaneamente? É uma senhora ambição. Demanda a energia de uma usina. Para que se consumir tanto? A vida não é um questionário de Proust. Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião sem a menor culpa. Ser feliz por nada talvez seja isso. 
(Martha Medeiros, no livro “Ser feliz por nada”) 

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Novo Velho Começo

Ano novo...mais um...
Os dias que antecedem o novo ano, nos deixam mais pensativos, mais introspectivos e mais emotivos. Embora quando a razão começa a querer falar mais alto, a gente sabe que ano novo nada mais é do que a continuação...do trabalho, dos estudos, das responsabilidades, a vida segue...
Mas é sempre bom termos uma data pra renovar a esperança, fazer planos, repensar atitudes, querer mudar pra melhor...
O engraçado é que todo fim de ano fazemos aquela listinha de promessas e projetos para o ano seguinte, mesmo que essa lista seja apenas no pensamento...a gente diz que vai começar academia, comer menos besteiras, que vai fazer uma outra faculdade, um outro curso...prometemos que vamos gastar menos com coisas fúteis, que vamos ler mais, nos divertir mais, viajar mais. 
Confesso que fiz todas essas promessas neste fim de ano, porém, olhando pra dentro do m eu próprio coração, o que mais desejo para mim mesma, pra todos os que quero bem e até para aqueles que nem conheço, é que em 2012, a gente tenha mais amor no coração, que sejamos mais solidários, mais calmos, mais prestativos, mais corajosos, mais amorosos, mais pacificadores...menos ambiciosos, menos egoístas, menos críticos, menos agressivos, menos ausentes, que nos importemos menos com a vida alheia e, acima de tudo isso tenhamos mais fé...

Inquieta, Tonta e Encantada...não mais...

Após nove ou dez conhaques
Acordei qual uma flor
Sem Engov nem ataques
Nem senti tremor
Homem sempre me aparece
Geralmente bem me dou
Mas um meia boca desses
Me desconcertou
Tinindo estou, curtindo estou
Criança chorando e sorrindo estou
Inquieta, tonta e encantada estou
Sem dormir, não tem dormir
O amor vem e diz: não convém dormir
Inquieta, tonta e encantada estou
Me perdi dominada e daí errei sim
Ele é uma piada, piada solta em mim
Ele é o fim e até o fim
Vou tê-lo para vê-lo com fé no fim
Inquieto, tonto e encantado também
Vi demais, vivi demais
Mas hoje eu já adolesci demais
Inquieta, tonta e encantada estou
Niná-lo eu vou, no embalo eu vou
Um dia na pele grudado eu vou
Inquieta, tonta e encantada estou
Ao falar ele sente travação, timidez
Mas horizontalmente, falando ele é dez
Perplexa e fim, conexo enfim
Com graças a Deus muito sexo em fim
Inquieta, tonta e encantada estou
Ele é tolo, mas um tolo
O seu charme as vezes tem
Em seus braços eu me enrolo
Que nem um neném
Caso é aquela coisa louca
Nem dormindo eu estou
Desde que esse meia boca
Me desconsertou...
Sensata enfim, constato enfim
Sua baixa estatura de fato enfim
Inquieta, tonta e encantada não mais
Doeu demais, rendeu demais
Você ganhou muito e perdeu demais
Inquieta, tonta e encantada não mais
Tive um surto dispéctico
Mas viver já não dói
Tenho peito antiséptico
Desde que você se foi
Romance, finis
Sem chance, finis
Calor a invadir o meu colã, finis
Inquieta, tonta e encantada não mais...